• Blog
  • Oclusão de veia da retina, como se trata?

Oclusão de veia da retina, como se trata?

Oclusão de veia da retina, como tratar?

A oclusão de veia da retina é um dos problemas mais comuns que afetam a retina, e são frequentemente identificados pelo retinólogo. Além disso, é uma das principais causas de cegueira no mundo todo.

É importante lembrar que a retina é um tecido extremamente vascularizado localizado na parte posterior do olho, sendo essencial para a nossa visão. Ela é formada por um conjunto células fotossensíveis que captam a luz e a transformam em sinais elétricos, enviando-a para o cérebro, onde será processado a visão. Por isso, é importante se informar sobre o assunto e estar atento aos sintomas.

Mas, afinal, o que é essa doença? O que você deve fazer para preveni-la ou descobrir seus sintomas precocemente? Acompanhe o post de hoje para saber mais sobre essa condição, suas causas e as principais formas de tratamento!

O que é a oclusão de veia da retina?

A oclusão de veia (ou venosa) da retina ocorre quando há a obstrução de uma veia retiniana impedindo o retorno do sangue (retorno venoso) para a circulação corporal.

Esta obstrução é causada pela formação de um trombo no interior da veia, por isso pode ser chamada também de trombose venosa da retina.

A obstrução leva ao surgimento de hemorragias e edema (inchaço) local, pois, o fluxo sanguíneo está bloqueado pelo coágulo e o sangue não pode ser drenado, de forma que “extravasa” no tecido retiniano.

Se não identificada, a condição pode evoluir e provocar também isquemia (ausência de vascularização), com consequente formação de novos vasos (chamados de nevosos) e glaucoma secundário (com aumento da pressão intraocular) e, em casos mais graves, hemorragia vítrea e descolamento da retina.

A doença pode ser dividida em forma isquêmica e não isquêmica, de acordo com as consequências causadas pela falta de oxigenação no tecido.

A forma isquêmica está relacionada com um prognóstico pior da visão em longo prazo, pois o paciente costuma evoluir com edema e neovascularização.

quais são os sintomas da doença?

Os principais sintomas são:

  • embaçamento da visão;
  • perda visual súbita ou gradativa;
  • percepção de mancha escura no campo visual.

Os sintomas visuais geralmente acontecem quando a região central da retina (mácula) é afetada ou há o desenvolvimento de neovasos, que podem causar hemorragia na cavidade vítrea.

O paciente não sente dor e nem fica com os olhos vermelhos: os sintomas são sempre relacionados à dificuldade de enxergar.

Ao perceber qualquer problema na sua visão, procure imediatamente um oftalmologista, mesmo que não haja nada de estranho na aparência dos seus olhos.

Quais são os tipos de oclusão de veia da retina?

A obstrução pode ocorrer na veia central (oclusão de veia central da retina) ou em um de seus ramos (oclusão de ramo da veia central da retina).

Nos tópicos abaixo, vamos falar um pouco mais sobre cada uma delas, explicando como elas ocorrem.

Oclusão da veia central da retina (OVCR)

A oclusão da veia central da retina é uma patologia que pode ocorrer em homens e mulheres, principalmente após a sexta década de vida. Geralmente, ela aparece em apenas um dos olhos (monocular), acometendo todos os quadrantes da retina.

Os fatores de risco para seu aparecimento são vários, mas, principalmente, algumas alterações sistêmicas como o diabetes, a hipertensão, patologias do sangue, inflamações dos vasos sanguíneos e arteriosclerose.

Algumas doenças oculares também podem predispor a OVCR, como anomalias congênitas da veia central, glaucoma e hipermetropia.

Nesta doença ocorre a formação de um trombo no interior da veia central da retina, em uma área chamada de lâmina cribosa, que impede a drenagem normal do sangue da retina.

O aumento da rigidez das artérias com o avanço da idade e a lesão do endotélio dos vasos, associados à estase venosa, comprometem a circulação dentro dos olhos e promovem a oclusão da retina por meio da produção de um trombo.

O diagnóstico pode ser realizado por meio do exame de fundo de olho (mapeamento de retina). O médico especialista é capaz de observar aumento da tortuosidades venosa, além de hemorragias e extravasamento de líquido (edema) e proteínas (exsudatos duros).

Oclusão de ramo da veia central da retina (ORVR)

A oclusão de ramo da veia central da retina (ORVR) ocorre de maneira semelhante a OVCR. Mas ela é uma obstrução localizada em um segmento apenas e, em geral, de menor gravidade que a citada acima, já que ainda existe uma parte do fluxo sanguíneo preservado.

O paciente apresenta a visão borrada ou uma redução do campo visual. Além disso, hemorragias intrarretinianas vão aumentando com o passar da evolução da doença.

Também pode ser diagnosticada pelo exame de mapeamento de retina e deve ser tratada como descrito abaixo no tópico de tratamento.

Quais são as causas?

Não existe uma única causa para o surgimento de oclusão de veia da retina, mas alguns fatores de risco foram identificados, pois é uma doença multifatorial e provocada por alterações dos vasos sanguíneos. Entre eles, podemos citar:

A prevenção da oclusão de veia da retina é feita a partir de cuidados gerais de saúde, com o controle de doenças crônicas como diabetes e hipertensão. Além disso, todas as pessoas devem consultar regularmente o médico oftalmologista e procurar ajuda especializada quando notar qualquer sintoma visual diferente.

Como é feito o diagnóstico?

O ideal é que o diagnóstico da oclusão de veia da retina seja feito pelo médico especialista em retina, por isso, o paciente deve ser encaminhado ao retinólogo quando houver suspeita dessa doença.

O retinólogo é o profissional médico responsável pela avaliação e pelo tratamento de doenças da retina, como Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI), Retinopatia Diabética e Doenças Vasculares da Retina. Ele é solicitado quando a consulta oftalmológica de rotina não é suficiente para acompanhar a saúde ocular e identificar alterações específicas dessa região do olho.

O diagnóstico de oclusão de veia da retina é feito a partir do exame de mapeamento de retina, angiofluoresceinografia com contraste e tomografia de coerência óptica (OCT).

O mapeamento de retina é um exame complementar da saúde visual, que não costuma ser feito rotineiramente pelo médico oftalmologista. Ele avalia o fundo do olho e as suas estruturas. É diferente da fundoscopia simples, em que apenas as estruturas centrais do fundo do olho são visualizadas.

A Tomografia de Coerência Óptica (OCT) é um exame que permite a visualização tridimensional da retina e do nervo óptico, com a obtenção de cortes ópticos seccionais da estrutura da retina. Esse exame pode ser solicitado quando o mapeamento da retina sozinho não é o suficiente para fechar o diagnóstico.

Qual o tratamento?

O tratamento para a oclusão venosa da retina é determinado de acordo com o dano causado, a presença de hemorragia intraocular e a sua gravidade.

Primeiramente, é preciso identificar se existe outra doença de base que causou a oclusão venosa da retina, para que ela possa ser também tratada e não acarretar novamente o problema.

Os principais tipos de tratamento para a condição são:

  • fotocoagulação a laser: técnica utilizada para tratar diferentes doenças da retina, feita em sessões. O laser é utilizado no tratamento das áreas de isquemia;
  • injeção intraocular de medicação: em alguns casos, pode ser indicado o uso de injeções intravítreas para o tratamento. São fármacos antiangiogênicos (que impedem a formação de neovasos) ou corticoides (que reduzem o processo inflamatório local causado pela hemorragia ou edema surgido após a obstrução venosa);
  • cirurgia: em casos mais graves, quando há hemorragia na cavidade vítrea, pode ser indicada a cirurgia de vitrectomia.

A oclusão de veia da retina é responsável por causar cegueira em milhares de pessoas pelo mundo. Por isso, deve ser diagnosticada e tratada precocemente, antes que gere consequências mais sérias para a visão. Quanto mais eficiente for o diagnóstico e o tratamento, menores serão os danos para o paciente.

A prevenção pode ser realizada através de mudanças simples de hábitos de vida, evitando que doenças como o diabetes e a hipertensão arterial façam parte do seu dia a dia e possam ocasionar consequências graves como a oclusão de veia da retina. Mantenha hábitos saudáveis e proteja a saúde dos seus olhos.

Você gostou do texto de hoje sobre a oclusão venosa da retina? Tem dúvidas e quer saber mais sobre como cuidar da saúde dos seus olhos? Então, entre em contato com a RetinaPro e saiba tudo que nós podemos oferecer para melhoria da sua qualidade de vida!

Oclusão de veia da retina, como se trata?
4.8 (96.36%) 22 votes

Tags:

Comentários (13)

  • Roberto Namindome

    |

    Tenho ORVR e ja fiz 3 aplicações de injeções. Como não senti melhoras no embaçamento que ocorre na meu olho esquerdo, o meu retinólogo recomendou o procedimento com lazer. Gostaria de saber a opinião de voces.
    Muito obrigado

    Reply

  • fabio

    |

    tenho 70 anos e há cerca de dois anos, ao fazer uma consulta de rotina, fui diagnosticado como portador de trombose de veia retiniana. Não foi realizado nenhum tratamento. Refiz a tomografia e a angio por mais duas vezes que mostraram a manutenção do mesmo quadro inicial. Sem alterações na mácula. Houve diminuição da visão com se fosse um pequeno “borrão”. Pelo período que já se passou, ainda existe algum tratamento? obrigado

    Reply

    • RetinaPro

      |

      Ola Fabio, obrigado pelo contato. É um pouco dificl emitir uma opinião sem uma avaliação especializada. Mas se você está com dúvidas procure uma 2 opiniao, de preferencia com um médico especialista em doenças da retina, ok? Atenciosamente, Equipe RetinaPro (Dr Alexandre, Dr Edmundo e Dra Thais).

      Reply

  • Alex Oliveira

    |

    Bom dia! Tenho trombose nas vistas e já fiz todos os exames que mim pediram e o médico já fez 3 secoes de injeção intraocular, mas acho que não tá fazendo efeito nas vistas pra diminuir o embacamento, existe um outro tratamento ou esse e o mais eficaz? Obrigado .

    Reply

    • RetinaPro

      |

      Ola Alex, obrigado pelo contato. Atualmente, as injeções intravitreas constituem a melhor opção de tratamento das oclusões venosas, converse com seu médico, as vezes precisa mudar a droga que está sendo usada. Atenciosamente, Equipe RetinaPro (Dr Alexandre, Dr Edmundo e Dra Thais).

      Reply

  • Felipe

    |

    Boa tarde sou motorista de ônibus tive uma toxoplasmose na vista e gerou uma trombose queria saber se volto ao normal ao meu trabalho e fico 100%. Do novo

    Reply

    • RetinaPro

      |

      Ola Felipe, obrigado pelo contato. As sequelas só serão possíveis de serem determinadas ao final do tratamento. att Equipe RetinaPro (Dr Alexandre, Dr Edmundo e Dra Thais).

      Reply

  • Tererezinha dos Santos

    |

    qual o preço do tratamento injeção intraocular de medicação?

    Reply

    • RetinaPro

      |

      Ola, obrigado pelo contato, envie um whatsapp para 91 99343 2015 para agendar uma avaliação. Atenciosamente, Equipe RetinaPro.

      Reply

  • agostinho ferreira

    |

    ja fiz o exame nessecito fazer aplicacao por um derrame no olho quero saber se nao existe medicamento

    Reply

Deixe um comentário