• Blog
  • Conheça algumas doenças inflamatórias que afetam a retina!

Conheça algumas doenças inflamatórias que afetam a retina!

lesão de doenças inflamatórias (toxoplasmose) na retina humana 3

A retina é uma fina camada que reveste a parte interna do olho e é responsável por formar as imagens. Muitas enfermidades podem acometer essa membrana. Entre elas, estão as doenças inflamatórias, também chamadas uveítes, que podem se tornar graves e afetar a retina, causando queda na capacidade visual caso não sejam diagnosticadas e tratadas precocemente.

Por isso, é fundamental ficar atento às causas e aos sintomas e buscar o tratamento adequado para proteger a saúde ocular o quanto antes. Neste artigo, vamos abordar as 6 principais doenças que prejudicam a visão. Continue a leitura para saber mais!

Toxoplasmose

A Toxoplasmose é uma das doenças inflamatórias causada por um parasita muito comun, o Toxoplasma gondii. Doença infecciosa que pode ser contraída por meio de alimentos contaminados, principalmente em carnes mal passadas e cruas, ou a partir de vegetais que contenham o parasita.

Também, após contato com fezes de animais hospedeiros, principalmente gatos. Inclusive, elas podem contaminar o solo e as plantas quando o animal defeca no local.

O parasita pode atingir a retina, sendo possível se estender para outras partes do olho. Pode causar o embaçamento da visão, a sensação de pontos pretos no campo visual (moscas volantes), deixar o olho vermelho, além de reduzir a capacidade de enxergar.

Toxocaríase

A doença é causada pelo Toxocara canis. Ela pode ser transmitida por meio da ingestão acidental de fezes de cachorro que contenham ovos do parasita, assim como na toxoplasmose. Isso ocorre mais frequentemente com crianças, quando brincam na areia de jardins, parques ou praias, por exemplo.

Pode afetar os olhos, causando uma infecção na retina e atingindo diretamente a mácula, que é responsável pela visão central. Isso ocorre quando as larvas mortas do parasita permanecem nos olhos, produzindo, assim, uma reação inflamatória muito intensa.

As lesões oculares podem ocorrer depois de meses ou até anos após o início da contaminação. As lesões oculares podem ocorrer de meses a anos após o início da infecção.

Doença de Lyme

A doença de Lyme é causada pela bactéria Borrelia burgdorferi e transmitida a partir da picada do carrapato Ixodes ricinus. É mais comum na Europa e na América do Norte, mas também ocorre no Brasil, sendo transmitida pelo carrapato-estrela (Amblyomma cajennense).

Geralmente, um dos primeiros sintomas dessa doença é uma pequena mancha vermelha na pele, no lugar da picada. Depois, na versão europeia, surgem sintomas parecidos com os da gripe comum (como febre, mal-estar, dor no corpo e na garganta), podendo evoluir para uma dor nas articulações semelhante à artrite.

Na versão nacional, também conhecida como borreliose humana brasileira, depois dos sintomas já mencionados, podem surgir algumas complicações neurológicas (como a meningite) e autoimunes.

Apesar de não ser muito comum, a doença de Lyme pode ocasionar a inflamação dos olhos. Mas esse problema pode aparecer apenas após várias semanas de infecção, num estágio já bastante avançado da doença. Nesse momento, também podem ocorrer problemas cardíacos, hepatite e uma fadiga severa.

AIDS

A queda no sistema imunológico causada pelo vírus do HIV faz com que vários órgãos fiquem vulneráveis a infecções, inclusive os olhos. É bom destacar que isso acontece quando o vírus encontra-se ativo, uma vez que o HIV pode permanecer inativo por muitos anos, sobretudo com um tratamento adequado.

O tratamento da doença ocular causada pela AIDS vai depender particularmente da infecção, pois os olhos são muito sensíveis ao vírus. O acompanhamento por um médico oftalmologista é indispensável para que se possa detectar qual o tipo da doença e tratá-la o mais rápido possível.

Devido a isso, a pessoa portadora do vírus do HIV, ao perceber algumas alterações na capacidade visual, como visão turva ou pontos cegos, luzes, manchas e moscas volantes, deverá procurar um oftalmologista de imediato.

Herpes

A herpes ocular é causada pelo vírus HSV, que também origina a herpes simples e a labial. No geral, o vírus da herpes afeta apenas um dos olhos, mas existe a possibilidade, ainda que mínima, de a doença ser bilateral.

Ela possui os sintomas semelhantes a outras doenças oculares, como coceira, vermelhidão e dor, dificultando o diagnóstico.

Trata-se de uma doença comum e que pode ser extremamente grave, pois, quando o vírus entra no organismo, ele se aloja nos nervos e permanece lá até o momento em que a imunidade do paciente está baixa. Nesse instante, ocorre a reativação do vírus e, consequentemente, a infecção.

Neurorretinite Subaguda Unilateral

A Neurorretinite Subaguda Unilateral é uma doença que pode, potencialmente, levar à cegueira.  Caso ela seja diagnosticada no início, e iniciado tratamento adequado e podemos prevenir a perda da visão.  Porém, se tratada de forma tardia, ela poderá trazer sérios problemas à saúde ocular.

Essa doença é muito rara e geralmente ocorre em crianças, jovens e adultos saudáveis. Causada por um nematódeo móvel, as inflamações podem estar relacionadas à reação imunológica aos efeitos da excreção da larva ou então à liberação de toxinas desconhecidas na retina.

Cuidados com doenças inflamatórias

Como você pode perceber, a maioria dessas doenças demora para se manifestar na retina. Em algumas, o diagnóstico costuma ser feito depois de anos, quando os sintomas já são mais graves e já se percebe uma perda parcial da visão.

Por isso, é importante ter alguns cuidados básicos, que ajudam a evitar a contaminação dessas infecções. Dessa forma, listamos alguns cuidados que devem ser tomados ao longo de toda a vida para preservar a visão e a saúde da retina. São eles:

  • fique atento aos sintomas como dor e inchaço nos olhos, vermelhidão, coceira, cansaço, visão turva e presença de moscas volantes;
  • mantenha uma alimentação saudável e rica em vegetais escuros, que contêm luteína, substância que protege a retina;
  • consuma também alimentos ricos em carotenoides, ômega 3, vitaminas e antioxidantes;
  • preste atenção a fatores de risco, como diabetes, hipertensão e outras infecções, que podem comprometer a imunidade, favorecendo a manifestação dessas inflamações;
  • faça exames preventivos regulares, se necessário, consultando especialistas em retina;
  • pratique exercícios físicos regulares;
  • use óculos escuros para se proteger dos raios solares;
  • evite o contato dos olhos com a areia de praias, parques e jardins, lavando as mãos sempre que for preciso;
  • use roupas e sapatos fechados e repelentes em matas, sobretudo áreas de risco do carrapato-estrela;

Além disso, é necessário cuidar da saúde de modo geral, visto que muitas das doenças inflamatórias que afetam a retina acometem primeiro outras partes do corpo. Assim, procure fazer exames de rotina para verificar o a saúde do organismo como um todo.

Cuidar da sua saúde ocular é muito importante para evitar as doenças inflamatórias que afetam a retina. Caso tenha qualquer sintoma que traga desconforto aos seus olhos ou dificulte a visão, é fundamental consultar um oftalmologista imediatamente. Procure especialistas com os melhores métodos diagnósticos e excelência no atendimento. Assim, você poderá ter tranquilidade na hora de tratar qualquer tipo de doença ocular.

Se quiser saber mais, clique aqui para baixar o e-book sobre doenças inflamatórias.

E aí, gostou do post? Ficou com dúvidas sobre alguma dessas doenças? O que você faz para manter a saúde dos seus olhos em dia? Deixe sua resposta nos comentários abaixo.

Conheça algumas doenças inflamatórias que afetam a retina!
5 (100%) 1 vote

Tags:

Comentários (20)

  • Francisco

    |

    boa tarde! estou com um ano mais ou menos com o problema nos olhos, tipo assim, passo 10 dias sem sentir nada mais quando vem a sensação ela e assim coça muito os olhos, meus olhos fica latejando as vezes, um pouco dor de cabeça junta e sinto ao mesmo tempo sensação de areias nos olhos. começou só no dos olhos agora está nos dois, doi, medicos me falaram que eu n tenho nada nos olhos, como assim n tenho nada eu sinto isso tudo pode me ajudar?

    Reply

    • RetinaPro

      |

      Ola Francisco, obrigado pelo contato. O ideal nessa situação é ir até o médico no momento em que você estiver com os sintomas para que ele possa identificar o que está acontecendo. Atenciosamente, Equipe RetinaPro (Dr Alexandre, Dr Edmundo e Dra Thais).

      Reply

  • Neto

    |

    boa tarde, possuo uma inflamação crônica a alérgenos do tipo poeira e ácaros, sem levar em conta que minha vida pessoal já foi praticamente arruinada pois não paro de ter incomodos dores hipersensibilidade fotofobia irritação etc, gostaria de saber se esta condição pode gerar danos a retina? já tem 5 anos que passo por isso um dos olhos é mais sensível doi o globo ocular com frequencia diária, tiques motores etc.

    Reply

    • RetinaPro

      |

      Oi neto, obrigado pelo contato. Na maioria das vezes, não há comprometimento da retina, não. Atenciosamente, Equipe RetinaPro (Dr Alexandre, Dr Edmundo e Dra Thais).

      Reply

  • Maria de Lourdes M. Oliveira

    |

    Edema de mácula tem cura?

    Reply

    • RetinaPro

      |

      ola maria de lourdes, obrigado pelo conato, dependendo da etiologia tem tratamento sim. Atenciosamente, Equipe RetinaPro.

      Reply

  • Claudineia

    |

    Citomegalovirus pode causar coreoretinite congênita?

    Reply

  • Nayla

    |

    Desde dos meu 12 anos melhos coçam demais e meus olhos ficam vermelhos sofro ate hj com isso. Pode ser algum problemas ocular ou so uma alergia mesmo?

    Reply

    • RetinaPro

      |

      Ola Nayla, existem casos de alergia que incidem mais nos olhos, afinal é uma parte do organismo muito exposta. Verifique seu caso com seu médico especialista. Atenciosamente, equipe retinapro.

      Reply

  • debora de lima gouveia

    |

    Excelente informação, conteúdo bem didático.

    Reply

  • DJAMILSON JAIR RAIOL GUIMARAES

    |

    Foi excelente explicação e orientação pra nossa saúde ocular.

    Reply

    • DJAMILSON JAIR RAIOL GUIMARAES

      |

      Gostei muito , essa orientação pra saúde dos olhos , aconteceu comigo ultimamente mas eu já estou em tratamento graças à Deus.

      Reply

      • RetinaPro

        |

        Obrigado, Djamilson, toda semana temos conteúdos novos, continue nos seguindo. Atenciosamente, equipe retinapro.

        Reply

  • Paulo

    |

    Eu tenho muita coceira nos olhos, sinto como se tivesse algo se enchendo nos olhos… Amanheço com um algumas tem elas que parecem um fio fino … Por favor me respondam … Abraços

    Reply

    • RetinaPro

      |

      Ola Paulo, a causa mais comum de prurido nos olhos é alergia ocular. O ideal é que você passe em consulta com seu médico para que ele possa determinar qual a causa subjacente desta aleregia. Atenciosamente, equipe retinapro.

      Reply

  • Lene santos

    |

    Ótima informação, a nossa visão é tão importante, mas, não damos a ela a devida importância!

    Reply

    • RetinaPro

      |

      Realmente. Obrigado pelo comentário, Lene!

      Atenciosamente,

      equipe RetinaPro

      Reply

    • RetinaPro

      |

      obirgado pelo comentário Lene, continue nos seguindo toda semana tem conteúdo novo no blog. Atenciosamente, Equipe RetinaPro.

      Reply

Deixe um comentário