• Blog
  • Saúde ocular: esclarecemos 11 mitos para você

Saúde ocular: esclarecemos 11 mitos para você

saude-ocular-esclarecemos-11-mitos-para-voce

É verdade que cuidados cotidianos são importantes para manter a saúde ocular e evitar problemas precoces de visão. Mas também é fato que algumas informações não passam de crendices populares e podem, ao contrário do que se deseja, prejudicar mais que ajudar na saúde dos olhos.

Neste artigo você encontra alguns mitos e verdades quando o assunto é saúde ocular. Confira!

1. Ler com pouca luz prejudica a visão

Mito. A quantidade de luz durante a leitura não interfere na saúde dos olhos. O excesso ou falta de luz pode apenas gerar um desconforto e reduzir seu interesse pela atividade. No escuro, há uma redução da velocidade da leitura e um maior estímulo ao sono.

2. Ler em veículo em movimento descola a retina

Mito. Ler no ônibus ou no carro pode causar mal-estar, como tonteira, náuseas ou dor de cabeça devido ao esforço para manter a concentração com o movimento, mas não causa doenças na retina.

3. Usar os óculos de outra pessoa faz mal

Verdade. Não é por acaso que é necessária uma receita para a produção dos óculos. As medidas de distância e eixo do grau dos óculos, por exemplo, são personalizadas. Usar óculos de outra pessoa ou comprar modelos prontos em feiras podem causar dores de cabeça, fadiga e tonteira. Além dos óculos não ficarem corretamente ajustados para o seu caso.

4. Os óculos de grau precisam ser trocados todos os anos

Mito. Se na consulta anual com o oftalmologista não houve alteração no seu grau, não é necessário trocar os óculos. As lentes dos óculos não tem prazo de validade determinado. No entanto, elas podem sofrer desgastes pelo uso, como arranhões, perda da camada antirreflexo, etc., o que vai exigir a troca.

5. Óculos escuros protegem a visão

Verdade. Os óculos escuros são uma proteção importante contra os raios solares. No entanto, para que sejam eficazes, é necessário que os óculos tenham a proteção contra os raios ultravioletas e infravermelhos. Não compre óculos escuros sem procedência! As lentes escuras fazem com que a pupila se dilate, permitindo a entrada de mais luz. Sem a proteção, esse excesso de raios solares pode causar lesões e doenças como a catarata e a degeneração macular.

6. Olhar diretamente para o sol causa cegueira

Verdade. Quando a exposição é prolongada, os raios ultravioletas que são emitidos pelo sol podem causar queimaduras e lesões irreversíveis na retina e no cristalino, podendo inclusive desencadear a catarata.

7. Usar muito o computador compromete a visão

Mito. O uso do computador não compromete a visão. O que ocorre é que a luz emitida pela tela faz com que você pisque menos, o que reduz a lubrificação dos olhos e pode causar um desconforto, como a ardência dos olhos. Para evitar esse efeito, basta fazer uma pausa de cinco minutos a cada hora em frente à tela.

8. Colírios podem ser usados sem receita médica

Mito. Colírios são medicamentos e só devem ser usados com prescrição do oftalmologista – mesmo os aparentemente inofensivos, indicados para lubrificar os olhos. O uso indiscriminado de colírios podem causar sérios danos à sua saúde ocular.

Além disso, é preciso cuidado com o manuseio do colírio para evitar contaminações. Lave sempre as mãos antes de usar o colírio e não encoste o frasco nos olhos.

9. Cenoura faz bem para os olhos

Verdade. A cenoura é rica em vitamina A e luteína, substâncias antioxidantes que oferecem uma proteção natural para os olhos, melhorando especialmente a visão noturna. Além de comer cenoura, ter uma dieta equilibrada também é essencial para a saúde dos olhos.

10. Diabetes causa cegueira

Verdade. Taxas altas de glicemia comprometem a saúde ocular e podem causar descolamento de retina, hemorragia, glaucoma e catarata. Toda pessoa que tem diabetes deve fazer anualmente o mapeamento da retina para verificar se há danos causados pela doença.

11. A catarata é hereditária

Meia verdade. Há sim casos de catarata congênita que são hereditários. Mas a maioria dos casos está relacionada ao envelhecimento do cristalino, que aparece com o avançar da idade, é a chamada catarata senil. Diabetes, traumas oculares, tabagismo e alcoolismo também podem causar a catarata.

Conhece mais algum mito ou verdade sobre a saúde ocular? Compartilhe conosco nos comentários!

Avalie esta publicação
Prof. Dr. Edmundo Almeida

Prof. Dr. Edmundo Almeida

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Pará (1976) e doutorado em Oftalmologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1981). Membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia e da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo. Pós-doutorado pela Université de Paris (1982). Atualmente é professor adjunto de graduação e residência médica em oftalmologia da na Universidade Federal do Pará, professor adjunto da Universidade do Estado do Pará, Coordenador do Serviço de Prevenção da Retinopatia da Prematuridade na Santa Casa de Misericórdia do Pará e Hospital de Clínicas.Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Oftalmologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Doenças da retina e vítreo, Cirurgia da Catarata, Transplante de Córnea, Uveítes, Prevenção da Retinopatia da Prematuridade e Hanseníase ocular.

Deixe um comentário