• Blog
  • Trauma no olho: O que fazer?

Trauma no olho: O que fazer?

imagem uma pessoa com inchaço nas pálpebras após trauma no olho.

O olho é um órgão muito sensível do corpo humano, estando localizado numa região face suscetível a traumatismos. O trauma no olho é uma condição grave que requer rápida ação médica.

Quer saber se você frente a essa situação? Continue a leitura do texto e entenda as causas, os sintomas e veja como tratar o problema. Confira!

O que é o trauma no olho?

Trauma é uma lesão gerada por uma ação violenta, de natureza externa. Ou seja, é um ferimento no olho que compromete sua estrutura e prejudica a capacidade de enxergar.

Em parte dos casos, o trauma acaba não oferecendo grandes riscos, sobretudo se for tratado corretamente, porém isso vai depender bastante das causas e dos sintomas apresentados após o acidente.

Quais são as causas?

Trauma no olho é uma condição relativamente comum,, podendo ocorrer no ambiente doméstico, em acidentes de trabalho e até no lazer e na prática esportiva. No geral, as causas mais comuns são:

  • exposição prolongada (mais de 15 minutos) a produtos químicos de uso doméstico e industriais;
  • entrada de corpos estranhos (insetos, areia, poeira e outras partículas);
  • socos e tapas em brigas ou esportes de contato;
  • acidentes com bolas pequenas, como de golfe e tênis, que atingem diretamente o globo ocular;
  • acidentes de trânsito ou por queda em casa ou na rua.

Quais são os sintomas?

Os sintomas do trauma no olho podem variar bastante de acordo com a causa. No geral, pode haver:

  • manchas;
  • vermelhidão;
  • visão turva;
  • lacrimejamento;
  • inchaço;
  • formação de manchas escuras conhecidas como moscas volantes;
  • perda parcial ou total da visão.

Esses sintomas podem desaparecer depois de alguns dias, com o tratamento adequado.

Uma das consequências mais temidas após o trauma ocular é o descolamento de retina, que pode levar à perda de visão. Nesse caso específico, alguns sinais que podem sugerir esta condição é o aparecimento de moscas volantes, flashes no campo de visão ou embaçamento visual.

Como é o tratamento?

Logo após um acidente, é preciso agir rapidamente. Nos casos de lesão por corpo estranho, é necessário que seja avaliado pelo médico oftalmologista. Quando está localizado superficialmente, pode ser removido no consultório médico, contudo quando há a penetração dele para o interior do olho, apenas uma cirurgia poderá na remoção do mesmo.

Casos de contaminação por produto químico, é bom pedir ajuda de outra pessoa para ler as recomendações da embalagem do produto e lavar com água corrente copiosamente até chegar ao médico.

Já nas contusões, deve-se evitar tentar abrir os olhos, principalmente se estiverem muito inchados.

Em todas essas situações, é fundamental procurar um pronto socorro o quanto antes para o atendimento oftalmológico adequado. O oftalmologista pode indicar o uso de colírios antibióticos e anti-inflamatórios ou até procedimentos cirúrgicos e a laser, de acordo com cada caso.

Após esse primeiro atendimento, é importante fazer um acompanhamento para saber se a lesão não evoluiu.

É fundamental proteger sempre a região dos olhos com equipamentos de segurança, óculos de sol e evitar o contato com substâncias irritantes. O médico deve ser procurado logo que ocorrer um acidente.

O que achou de saber sobre o trauma no olho? Ficou com alguma dúvida? Quer saber mais sobre o tratamento? Deixe sua resposta nos comentários!

Trauma no olho: O que fazer?
5 (100%) 1 vote

Tags:

Comentários (4)

  • Marcio de Souza

    |

    A duas semanas atrás brincando com meu filho, bateu o dedo no canto do meu olho esquerdo, no lado oposto ao nariz, não foi tão forte ao ponto de roxear nem ficou vermelho, porém no dia seguinte meu olho esquerdo estava embaçado e doía um pouco e sinto um desconforto, achei que fosse melhorar em alguns dias, mas a dor e o embaçamento me incomodam, quando tento olhar de perto está bem mas de longe embaça tudo, sinto os olhos muito secos tbm, será que volto a enxergar normal? o que pode ter acontecido? Qual exame devo fazer para checar? Estou preocupado, dependo muito da visão embora já tenho 47 anos. Desde já muito obrigado.

    Reply

    • RetinaPro

      |

      Ola marcio, obrigado pelo contato. O ideal é que você procure atendimento o mais breve possível Atenciosamente, Equipe RetinaPro (Dr Alexandre, Dr Edmundo e Dra Thais).

      Reply

  • Marcos Klein

    |

    Bom dia!

    Meu nome é Marcos Klein, tenho hoje 33 anos, resido em Canoas – RS. Aos 16 anos, jogando futebol, tomei uma bolada no olho esquerdo e consequentemente minha visão não voltou.

    Queria saber se há algum tratamento promissor para o retorno da visão nesses casos. Gostaria e muito ter minha visão novamente, até porque meu olho não mantém a posição normal, causando estrabismo.

    Obrigado pela atenção.

    Reply

    • RetinaPro

      |

      Ola Marcos, casos antigos são mais difíceis de resolver. Mas o ideal é que você seja avaliado por um ertinologoa pra deterinar a extensão dos danso a sua visão. Atenciosamente, Equipe RetinaPro (Dr Alexandre, Dr Edmundo e Dra Thais).

      Reply

Deixe um comentário