• Blog
  • Você sabia que a tração vitreomacular pode causar manchas na visão?

Você sabia que a tração vitreomacular pode causar manchas na visão?

Você sabia que a tração vitreomacular pode causar manchas na visão?

Diversos problemas oculares podem comprometer nossa acuidade visual e causar manchas na visão. Eles são desencadeados pelo avanço da idade, pelo descuido com a visão, por doenças preexistentes, por traumas oculares, entre outras condições.

A tração vitreomacular está entre essas doenças oculares e requer atenção. Apesar de ser um processo que pode ocorrer naturalmente, interfere na capacidade visual. Por isso, neste post, vamos explicar o que ela é, quais são os seus sintomas e ainda os tratamentos existentes. Acompanhe!

Quais problemas causam manchas na visão?

A perda da visão em decorrência de alterações oculares não acontece de um dia para o outro. Ela é um processo lento, que evolui conforme a doença avança e não é tratada. Um dos sintomas iniciais de que algo está errado são as manchas na visão.

Diversas doenças oculares podem manifestar esse sintoma, indicando que parte da estrutura do olho está comprometida. Entre esses podemos citar o descolamento da retina, a miopia, o descolamento do vítreo, a degeneração macular e a tração vitreomacular, sobre a qual vamos falar a seguir.

O que é a tração vitreomacular?

A tração vitreomacular é uma síndrome que afeta a mácula, estrutura localizada no centro da retina. Caracteriza-se pelo descolamento incompleto do vítreo em relação à retina, resultando em alterações que comprometem a visão, como o acúmulo de líquidos nessa região. Pode ser causada pelo avanço da idade, que provoca naturalmente o descolamento do vítreo. Também pode ser ocasionada por processos inflamatórios ou ser decorrente de traumas oculares.

Quais sintomas ela provoca?

A tração vitreomacular afeta a região central do olho, então o indivíduo começa a perceber manchas em sua visão e uma redução significativa em sua acuidade visual central. Também queixa de metamorfopsia (deformação das imagens e dos objetos), fazendo com que superfícies planas pareçam distorcidas, o que dificulta a leitura.

A pessoa ainda pode sentir dificuldade para visualizar os objetos por completo ou sua visão se tornar dupla. No entanto, não acontecem manifestações dolorosas, apenas dificuldade para enxergar.

Por causar manchas na visão e comprometê-la, a tração vitreomacular interfere nas atividades rotineiras da pessoa. Por isso, é importante obter o diagnóstico preciso e realizar o tratamento para conseguir reverter o problema.

Quais os métodos de diagnóstico para essa síndrome?

Além do relato do paciente sobre as manchas na visão, o oftalmologista diagnostica a tração vitreomacular por meio de exames da retina, que podem ser realizados no próprio consultório. O principal deles é a tomografia de coerência óptica (OCT), mas também podem ser solicitados:

Depois de confirmado o caso, a tração vitreomacular pode ser tratada com injeção de gás intraocular, nos casos mais leves. Porém, o tratamento mais eficaz para a síndrome é a cirurgia de vitrectomia posterior.

Nesse método, o excesso de tecido e de líquidos é removido da cavidade do globo ocular, para que seja restabelecida a anatomia natural da região. De toda forma, o tratamento ideal é indicado pelo especialista conforme a necessidade e a gravidade de cada caso.

Por ser um processo natural de envelhecimento do corpo humano, é preciso ter atenção aos sintomas de manchas na visão e outros que indicam o desenvolvimento da tração vitreomacular. As visitas regulares ao oftalmologista são muito válidas para acompanhar a saúde ocular e diagnosticar possíveis complicações ainda no começo, favorecendo o tratamento e a recuperação.

Há quem conviva com manchas na visão acreditando que é algo natural, mas não é. Por isso, compartilhe este post em suas redes sociais para que seus amigos também saibam como cuidar bem dos olhos!

 

Você sabia que a tração vitreomacular pode causar manchas na visão?
Avalie esta publicação

Posts relacionados

Tags:

Deixe um comentário