Considerada uma urgência médica, o descolamento de retina requer atenção e a ida rápida do paciente para o consultório médico, pois os riscos de perda de visão são iminentes.

A retina é um importante componente dos olhos, é repleta de receptores fotossensíveis que transformam a luminosidade do ambiente em impulsos elétricos, que através do nervo óptico enviam mensagens para a região do cérebro que processa a visão.

Apesar de ser extremamente importante, ela é uma membrana muito fina, delicada e flexível, revestindo a parte interna do globo ocular.

No entanto, alguns fatores podem causar o descolamento de retina. Neste artigo falaremos mais sobre isso. Confira!

O que é o descolamento de retina?

Como o próprio nome sugere, o descolamento de retina é quando ocorre o desprendimento dessa membrana da região interna do globo ocular. Esse rompimento faz com que ela pare de receber nutrientes, degradando suas células.

Pode ser causado por traumas, distúrbios inflamatórios (uveíte e outros), doenças como a diabetes, ou até mesmo correr de forma espontânea. Pacientes com alta miopia possuem mais riscos de apresetarem esse problema.

Por isso, é considerado uma emergência médica, pois quanto mais tempo a retina fica fora do lugar, mais prejuízos para a visão podem ocorrer, inclusive, a perda da visão.

Sintomas

Diferente do que algumas pessoas podem pensar, o descolamento de retina não causa dor. Mas, assim que ocorre, o paciente logo percebe, já que os efeitos visuais indicam que algo errado está acontecendo.

A visão fica turva e embaçada, pode apresentar sombras centrais ou periféricas no campo visual, flashes e até mesmo as “moscas volantes”, que é a impressão de ver insetos voando diante dos olhos.

Em casos mais graves, a pessoa pode ter uma perda de visão súbita.

Quais são os três tipos de descolamento de retina?

Esse grave problema pode acontecer de maneiras diferentes, portanto recebe três classificações variadas.

Cada tipo ocorre por uma determinada causa, por isso eles possuem formas de tratamento distintos. Conheça-os:

Descolamento de retina tracional

O descolamento de retina tracional ganha esse nome porque ocorre por tração ou puxão dessa membrana.

Isso acontece, geralmente, porque as mudanças do vítreo vão alterar a retina. As principais causas para esse tipo de descolamento são:

  • trauma ocular;
  • diabetes não tratado ou
  • algum tipo de doença prévia na retina.

Descolamento de retina regmatogênico

Ocorre quando o vítreo posterior se descola, o que leva à rasgo da retina. É o tipo mais comum de descolamento e pode ser causado por traumas diretos ou de forma espontânea.

Pacientes com alta miopia podem sofrer esse problema com mais facilidade, pois no caso deles a retina é mais fina que o normal.

Descolamento de retina exsudativo

Diferente do tipo anterior, a retina descola sem sofrer rasgo. Nesse caso, um líquido do próprio corpo da pessoa se acumula sob essa membrana.

As causas mais comuns são tumores e processos inflamatórios variados, como a uveíte.

Entenda melhor no vídeo onde o Dr. Alexandre Rosa explica detalhadamente sobre descolamento de retina:

A melhor forma de prevenir esse problema é proteger os olhos de traumas, seguido de evitar movimentos muito bruscos com a cabeça.

Em questão de saúde, o controle do diabetes é essencial para impedir danos ao vítreo, e consequentemente impedir que a retina se descole.

Como é feito o diagnóstico?

Apesar de ser um problema grave, tem diagnóstico facilitado de acordo com as novas tecnologias.

Entre as principais formas de detecção podemos citar o exame de mapeamento de retina, a ultrassonografia ocular ou a tomografia de coerência óptica.

Independentemente do procedimento escolhido, o diagnóstico é feito de maneira indolor, rapidamente e sem contraindicações para os pacientes.

Hoje em dia, identificar rapidamente e realizar o tratamento adequado permite uma taxa de prognósticos positivos maior do que antigamente.

Ou seja, a quantidade de pessoas que perdem a visão por causa desse problema está cada dia menor. Mas, para isso, é necessário estar atento à saúde dos olhos e realizar o diagnóstico precoce.

Gostou do artigo? Para que você conheça mais profundamente o assunto, criamos o Guia definitivo sobre o Descolamento da Retina. Você pode baixá-lo totalmente grátis aqui.

Continue lendo →
Maquiagem e saúde dos olhos: conheça os principais cuidados

Além de ser um realçador da beleza feminina, a maquiagem se tornou sinônimo de empoderamento e liberdade, pois as mulheres podem, por meio desse recurso, se reinventar, se divertir e expressar sua personalidade abusando das cores e brincando com os estilos. Contudo, apesar de ser um elemento que faz toda a diferença na autoestima de uma mulher, não se pode negligenciar os cuidados com relação à maquiagem e a saúde dos olhos.

Continue lendo →

Participe do grupo exclusivo no telegram sobre doenças visuais.

Quero Participar!
Open chat
Olá...Posso ajudar?